quarta-feira, 27 de maio de 2015

PROJETO

ENSINO RELIGIOSO NA REDE PÚBLICA: TRABALHANDO INCLUSÃO DIGITAL NUMA PERSPECTIVA EDUCATIVA E FUNCIONAL.

                           




                                                            http://imagens6.publico.pt/imagens.aspx/735286?tp=UH&db=IMAGENS 

Maceió- AL
2 / 2014
Identificação: Escola Estadual Rotary
Professora responsável: Josenita dos Santos Marinho
Público alvo: Alunos do 8° e 9° ano (após reunião do conselho de classe, no dia 12/09/14, ficou acertado que o projeto terá uma abrangência maior incluindo os 6° anos e 7º anos, a temática é “Educação e Tecnologia”)
Disciplina: Ensino Religioso
Período: Segundo Semestre (agosto - janeiro)
Tema: ENSINO RELIGIOSO NA REDE PÚBLICA TRABALHANDO INCLUSÃO DIGITAL NUMA PERSPECTIVA EDUCATIVA E FUNCIONAL.
JUSTIFICATIVA:
Entendendo a inclusão digital como instrumento na construção e desenvolvimento da cidadania, contribuindo para integração do aluno no mercado de trabalho, a compreensão e aprendizado do uso do computador tornam-se fundamental. A proposta deste projeto é desenvolver o ensino religioso na rede pública trabalhando inclusão digital, aplicando-o precisamente na escola Rotary, a princípio com os alunos do oitavo e nono ano, numa perspectiva educativa e funcional, com o ensino pedagógico utilizando-se da informática, trabalhando temas que desenvolva o aprendizado e enriqueça os saberes dos educando, incentivar criatividade e desenvoltura na apresentação de seus trabalhos em público.
Este aprendizado pretende com a participação dos alunos, transformarem o espaço escolar em uma oficina que contribua para mudança social do mesmo, provocando o interesse e o despertar para busca de novos horizontes, beneficiando seu aprendizado dentro do contexto social, de forma consciente e participativa.
Dentro desta perspectiva a educação digital torna-se uma passagem respeitável para uma sociedade mais justa e igualitária.
OBJETIVO GERAL:
Formar a consciência para o uso do computador como ferramenta educativa na gestão de conhecimento e informatização, despertando no aluno a criatividade na construção de trabalho escolar, contemplando os temas da disciplina que envolva a cidadania, organização religiosa, o sagrado e símbolos religiosos.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
·                      Integração do ensino pedagógico religioso com as Tecnologia da Informação e Comunicação - TICs;
·                       Mostrar que inclusão digital traz inúmeros benefícios para a sociedade e para o educando, reduzindo a evasão e maior participação em sala de aula.
·                     Conscientizar os alunos sobre a importância do aprendizado com o uso das tecnologias, buscando melhoria de vida;
·                     Fazer com que os alunos percebam a escola como agente de mudança que oferece oficinas para seu crescimento social;
·                     Contribuir para a preservação do ambiente promovendo a socialização e conscientização de todos (a escola e os pais), quanto à valorização do ensino e aprendizado de seus filhos, conservando o patrimônio da mesma (escola), principalmente dos equipamentos da sala de informática e demais tecnologias existentes.

METODOLOGIA:   
·                  Pesquisas e seminários com os alunos sobre os temas: Cidadania, Sagrado e Profano; Diversidade religiosa; Universo simbólico religioso; Festas religiosas; Tipologia dos Ritos.
·                 Reflexão de textos e análise sobre o sagrado, resgatando valores morais e cidadania;
·                Confecção de Cartazes;      
·                Construção de Slide dos temas a serem trabalhados pelos alunos;      
·                Exposição dos trabalhos;     
·                Uso das TICs como ferramenta para aplicação e desenvolvimento das aulas e registro do projeto.


RECURSOS:
·                     Material escolar (tesouras, colas, cartolinas, lápis de cor, giz cera, etc.);
·                     Textos mimeografados, revistas, livros;
·                     Dinâmicas, com objetivo de fixação do conteúdo;
·                     Sala de vídeo - televisão;
·                     Computador; Internet; Retroprojetor;
·                     Câmera fotográfica;
·                     Redes sociais e Aplicativos.
AVALIAÇÃO:  Processual e contínua, das atividades, participação e desenvoltura do aluno na construção de novos aprendizados, verificando o resultado na transformação de comportamento dos alunos, contando com o apoio e participação dos pais e toda direção da escola.
CULMINÂNCIA: Os trabalhos serão apresentados como resultado do projeto desenvolvido no processo de aprendizagem de acordo com a data programada, no decorrer do segundo semestre que terá inicio em agosto e finalizando em janeiro do ano seguinte (2015).
   Exposição dos trabalhos dos conteúdos estudados em sala de aula, será programada apresentação no pátio, utilizando os recursos tecnológicos, para exposição e aplicação da construção dos saberes numa integração da educação e tecnologia.

CRONOGRAMA

TURMAS e ETAPAS
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro
Janeiro
Fevereiro
6º A; B; C;D; 7º A;B;C;D; 8º A, B; 9º A, B. Divisão das equipes.
x
x




Escolha do tema
x
x




Elaboração das atividades
x
x
x



Sala de Informática
x
x

x
x

Entrega do trabalho escrito


x
x


Apresentação em sala de aula



x
x

Culminância do Projeto



x
x

Relatório Final





x


REFERÊNCIAS:
ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de. Ensinar e aprender com o computador: a articulação inter-relação-trans-disciplinar. Boletim Salto para o Futuro, Brasília,1999. Informática na educação.

 ANEXO – Análise do Projeto Integrado de Tecnologia no Currículo- PITEC 
RESULTADO DO PROJETO
1.            Tema
A proposta do PITEC de integrar educação e tecnologia no currículo, proporcionou o desenvolvimento deste projeto da disciplina de Ensino Religioso, trabalhando na construção dos saberes, desenvolvendo inclusão digital com os alunos da Escola Estadual Rotary, as turmas foram divididas por equipes de acordo com a quantidade de alunos pertinentes em cada sala, os temas desenvolvidos trataram de assuntos da área de cidadania, diversidade cultural e religiosa.
2.            Disciplinas
Entre as disciplinas previstas, quais estão efetivamente envolvidas no desenvolvimento do PITEC? Trabalhei com disciplinas da área de Informática e também da Educação especial (Libras). Os conhecimentos da área de informática foram aplicados para desenvolvimento do aprendizado dos alunos na construção das apresentações, utilizando o programa (Power point), sintetizando os temas abordamos numa cosmo visão sócio cultural religioso.  Os instrutores Carlos e Mezaque da educação especial (libras), auxiliaram e orientaram os alunos no desenvolvimento e apresentação do trabalho.
3.            Objetivos
Os objetivos previstos estão sendo atingidos? Sim, conforme planejado, os alunos desenvolveram cada etapa do projeto, alguns trabalhos foram excelente. No decorrer das atividades, tivemos momentos de tirar dúvidas, como atividade extraclasse, marcava com o grupo na sala de informática para explicação a respeito das ferramentas do programa power point, como aplicar na apresentação recursos na construção de saberes e a síntese do conteúdo, numa demonstração clara, atrativa, objetiva e praticidade nos trabalhos.
  1. Ações
Entre as ações previstas, quais foram realizadas? As primeiras ações foram: apresentar o projeto a direção e coordenação da escola, disponibilizando diversas cópias.  
Apresentar para os alunos, explicando primeiro o que é um projeto e seu objetivo;
Escutar os alunos, com sugestões de temas;
Verificar e programar os horários das aulas na sala de informática, conferir a funcionalidade dos computadores;
Conscientizar os alunos para zelar pelo patrimônio da escola, principalmente da sala de informática, evitando danos nos equipamentos.
  1. Atitudes
As atitudes foram de conscientização de que as tecnologias podem e devem ser usadas, como instrumentos pedagógicos, principalmente as redes sociais e seus aplicativos. Os valores trabalhados foram dentro de uma perspectiva socioreligioso, como: Drogas; Doenças sexualmente transmissíveis; Gravidez precoce que pode ocasionar o aborto, diversidade cultural e religiosa.
Como estratégia, apresentei o projeto na reunião da escola do conselho de classe, no dia 12/09/2014, onde participaram a direção, coordenação pedagógica, juntamente com os professores e monitores, na ocasião os professores sugeriram que o projeto deveria ter uma abrangência interdisciplinaridade, possibilitando uma interação entre todas as disciplinas e o conhecimento seria visto por vários ângulos, permitindo a unicidade dos saberes, na construção do aprendizado dos alunos, tendo como  tema central: “Educação e Tecnologia”,  decidido isto facilitou a aplicação do projeto que já estava em desenvolvimento, como parte do curso oferecido pela e-ProInfo, sob a orientação da professora Maria Arlene, da Secretaria da Educação.
No início, houve necessidade de desacelerar o processo, para esclarecer e orientar os educando, ao tocante da construção do projeto como: sintetizar o conteúdo, construindo uma apresentação criativa e harmoniosa; Trabalhar postura na apresentação;
As séries sextos e sétimos anos, a ferramenta utilizada da tecnologia além dos computadores, foi a criação de um grupo na rede social por meio do face book, para publicação das apresentações, os alunos participaram ativamente, com muito entusiasmo
As séries oitavos e nonos anos, construíram seus trabalhos usando o programa Power point e também foi criado um grupo pela rede social do aplicativo WhatsApp, como meio de comunicação para troca de informações. Com esta ferramenta possibilitou uma interação direta, facilitando na orientação da construção dos trabalhos, teve também momentos de descontração no grupo, mensagem de auto estima, lembrando que está ferramenta nem todos tinham acesso, geralmente a mais utilizada e accessível para maioria dos alunos é a interação da rede social do face book.
As tecnologias foram integradas No desenvolvimento do PITEC, como uma forte aliada para o progresso e aprendizado dos alunos. O papel delas é fundamental, facilitando no estudo e interação do aluno com a educação e o mundo digital. No momento as tecnologias disponíveis estão sendo usadas sem problemas.
 Resultados
Os resultados dos trabalhos ultrapassaram as expectativas, no começo teve alguns momento problemáticos, pois o trabalho era algo novo para os alunos e também para mim, o risco de   rejeição do projeto, descaso com o desenvolvimento do trabalho, pois as turmas apresentava uma quantidade grande de alunos para uma sala de informática com cinco computadores disponibilizados, deixando o ambiente apertado e quente, como também conscientização dos alunos para não danificar os equipamentos.
Na primeira semana, uma das turmas após a aula prática na sala de informática, percebi a ausência de alguns fones de ouvido que estava conectado nos  computadores, imediatamente conversei com as turmas e a direção conscientizando do uso e zelo pelo patrimônio da escola, trabalhamos com os pais e a situação foi contornada, este evento trouxe grande experiência para todos nós, pois precisamos cada vez mais trabalhar com os alunos de maneira que ele perceba e se conscientize de que a escola é o local de aprendizagem, educação e transformação social.
Os alunos desenvolveram os trabalhos com muita empolgação, para muitos aquele cenário era algo novo, estivemos desenvolvendo as apresentações com cada equipe, os alunos dos sextos anos, ficaram encantado com toda facilidade da aplicação do programa “power point”, colocaram gravuras, animações, deixando bem colorido, não paravam de falar como suas apresentações estavam “massa” isto foi muito gratificante verificar como desenvolveram cada atividade e a facilidade do aprendizado do conteúdo, tivemos várias reações fantásticas, foram momentos únicos tiramos fotos para registrar este marco.
Outro fato interessante foi quando os alunos do sétimo e oitavo ano, publicaram seus trabalhos no face book. No outro dia, ficaram pedindo “professora já viu nossa apresentação no face, [...] é para senhora curtir e compartilhar na rede”, de certa forma esta atitude chamou minha atenção, pois foi um trabalho que superou as expectativas, ultrapassando os horizontes da ideia inicial do projeto, alcançando outras pessoas, compartilhando conhecimento.  As outras equipes que ainda não tinham feito seus trabalhos, despertou o interesse para concluir e também publicar os deles, foi uma empolgação geral.
Já as turma dos nonos anos os trabalhos depois de prontos, foram apresentados na sala de vídeo, onde ocorreu alguns imprevistos, na hora da apresentação o data show não funcionou, então um dos alunos imediatamente apresentou uma solução que nos ajudou bastante, “professora podemos apresentar pela televisão, pois a mesma possui entrada USB, onde podemos colocar o pen drive”, esta solução mim deu um alivio e as apresentações foram realizadas com sucesso.
No Rotary temos algumas turmas que os alunos são surdos e mudos, trabalhamos juntos com o interprete “Carlos”, que auxiliou para participação deles no projeto.
Uma das equipes (cinco pessoas) eram as dos surdos e mudos, o objetivo do trabalho foi trazer os outros alunos para a realidade do mundo deles, no dia da apresentação, os alunos não podiam falar ou fazer qualquer barulho, que pudesse atrapalhar a apresentação da equipe, alguns alunos “disseram professora não consigo ficar calado”, “[…] não consigo ficar quieto”.  Estas reclamações serviram para que os alunos percebesse e sentisse como é estar no lugar do outro, o professor interprete Mezaque, estava presente, no entanto os alunos especiais, não solicitaram ajuda se apresentaram muito bem, o trabalho foi dinâmico, interativo com gestos e o conteúdo desenvolveram bem, todos colaboram e o conhecimento fluiu, resultando em aprendizagem.
A conclusão do projeto comprovou que podemos sim trabalhar “Educação e Tecnologia”, a interação dos alunos é bem mais eficaz, facilitando o desenvolvimento e aprendizado na construção dos saberes, de forma dinâmica e harmoniosa.  

 FOTOS DO PROJETO:
FOTO 1
Professora Josenita supervisionando a atividade no computador

FOTO 2
Na foto 2 uma dupla fazendo leitura do texto para depois, desenvolver  a atividade orientada pela professora 
                                                                         
FOTO 3
Na foto 3 a professora estar avaliando a atividade do grupo em desenvolvimento. 
FOTO 4 
A foto 4 é mais uma dupla desenvolvendo atividade referente ao projeto.

FOTO 5
Alunos discutindo o conteúdo junto a professora Josenita.
FOTO 6
A foto 6 demonstra a interação do grupo no desenvolvimento das atividades.


FOTO 7
A foto 7 registra a apresentação do trabalho por parte  de uma equipe, referente ao projeto.
                                      


FOTO 8
Na foto 8 mais um grupo a se apresentar.




FOTO 9
A foto 9 mostra as diversas equipes interagindo e desenvolvendo as atividades.

FOTO 10
Mais um grupo atento as explicações.



FOTO 11 e 12 
Nas fotos 11 e 12, mais uma equipe se apresentando. São alunos especiais,
 gesticulando e explicando o tema deles sobre drogas, também relacionado ao projeto.



FOTO 12 






AGRADECIMENTO

 Arlene, (Orientadora)

 O projeto ficou muito bom, principalmente por ser o primeiro neste porte e na área da educação religiosa em uma escola da rede estadual. 
Atualmente na escola estadual Rotary, quando vai fazer algum projeto ou evento, a coordenação me chama para participar representando os professores, o interessante é que a disciplina antes passava despercebida na escola, agora é diferente tanto pela direção como pelos alunos.
Aprendi muito com vocês, obrigado por tudo, tanto você orientadora Arlene, como também toda equipe( Núcleo de Tecnologia NTE) e representantes do e-proinfo em Maceió-AL.


Contato da professora: Josenita
Email: js_marinho@hotmail.com
Blog: http:// teotecmarinho.blogspot.com.br




quinta-feira, 23 de outubro de 2014



Entrevista com Alexandre Garcia a respeito do descaso
 do salário da profissão de professor.
Percebemos que a desvalorização vai além do salário,
 sim neste novo modismo muitos se referem a profissão
como algo vergonhoso e arranja nomenclaturas para designar
 a nobre missão de ensinar, na construção do saber.